O que é  Check List ou lista de checagem?

Traduzindo Check List temos a seguinte definição Lista de Checagem. Ou seja, o Check list é um formulário com procedimentos que serão realizados durante algum serviço.

Um exemplo muito comum de Check List que quase todos já fizeram é uma lista de compras que fazemos antes de ir ao mercado.

Mas para a Segurança do Trabalho a realização de um Check List é muito importante também, pois pode resultar em um trabalho sem acidentes.

Diferentemente de um Check List de mercado, o Check List usado para Segurança do Trabalho é mais elaborado e deve receber atenção para que nada seja preenchido de forma incorreta.

Qual o Objetivo do Check List?

Para Facilitar a explicação, vamos usar um exemplo: um operário está realizando a manutenção em uma máquina. E ele recebe um Check List com todas as ferramentas que serão usadas.

O Trabalhador esta realizando a manutenção na máquina e termina em mais ou menos 10 minutos. Na hora de fechar a máquina, ele esqueceu uma ferramenta dentro da máquina.

Mas antes de ligar a máquina, ele faz a contagem das ferramentas e vê o Check Lista para ver se está faltando alguma ferramenta.

Através do Check List, ele verifica que deixou uma ferramenta dentro da máquina, e vai até ela para retirar a ferramenta e após risca a ferramenta da Lista.

Através desse exemplo, vimos que a utilização do Check List evitou um acidente que poderia ser virar um dano material ou até mesmo um dano físico ao trabalhador.

Pode parecer uma coisa boba, mas durante manutenção de máquinas muitas pessoas podem acabar esquecendo uma ferramenta dentro dela e gerando um acidente. Através do Check List de ferramentas, pode evitar esse dano.

 

Então, podemos concluir que o Objetivo do Check List é organizar as ferramentas usadas em alguma manutenção, itens em extintores, hidrantes, etc.

 

O que um Check List deve ter?Check List

Para facilitar a explicação, vamos usar tópicos.

  • Cabeçalho (contendo nome da empresa, data, setor, trabalhador que realizará a operação - etc);
  • Meio (Descrição das ferramentas/itens, Conforme, Não Conforme e Não Aplicável); e
  • Rodapé (campo para assinatura do responsável pela manutenção ou verificação).

Esses são os itens básicos que uma Check List deve possuir. Em alguns Check List's, os campos Conforme, Não Conforme e Não Aplicável são usados as primeiras iniciais para facilitar.

  • C. - Conforme;
  • N.C. - Não Conforme;
  • N.A. - Não Aplicável.

Conclusão

Concluindo, um Check List pode ajudar para várias atividades corriqueiras do nosso dia-a-dia, mas para a Segurança do Trabalho sem dúvidas ela é essencial para evitar acidentes.

 

Legislação: