O que é um Mapa de Riscos? O principal objetivo de um Mapa de Riscos, é divulgar ou mostrar os riscos ambientais que os empregados estão expostos no dia-a-dia. O mapa de riscos pode ajudar os empregados a trabalharem com mais conscientização e utilizarem as medidas de  controle que foram escolhidas corretamente.

Quando falamos em Mapa de Riscos, surgem muitas dúvidas pertinentes como: o que é, quem pode fazer, toda empresa precisa ter, entre outras. Neste artigo, vamos esclarecer dúvidas pertinentes como essas.

O principal objetivo de um Mapa de Riscos, é divulgar ou mostrar os riscos ambientais que os empregados estão expostos no dia-a-dia. O mapa de riscos pode ajudar os empregados a trabalharem com mais conscientização e utilizarem as medidas de controle que foram escolhidas corretamente.

O que é um Mapa de Riscos?

Um Mapa de Riscos é uma representação gráfica da planta da empresa com os riscos ambientais presentes do ambiente de trabalho.

O Mapa de Riscos vai conter além dos riscos, as máquinas presentes na empresa e o tamanho do risco podendo ser: baixo, médio e elevado. A nomenclatura dos três tamanhos de riscos podem ser outras. Baixo, médio e elevado é só um exemplo.

Riscos Ambientais no Mapa de Riscos

Os riscos ambientais usados no mapa de riscos são os cinco já conhecidos por profissionais da segurança do trabalho

  1.  Riscos Físicos
  2.  Riscos Químicos
  3.  Riscos Biológicos
  4.  Riscos Ergonômicos; e
  5.  Riscos de Acidentes.

Elaboração do Mapa de Riscos

Conforme a Norma Regulamentadora 05 dentro do item 5.16 alínea "A":

5.16 A CIPA terá por atribuição:

    a) identificar os riscos do processo de trabalho, e elaborar o mapa de riscos, com a participação do maior número de trabalhadores, com assessoria do SESMT, onde houver;

Conforme este item é obrigação da CIPA elaborar o Mapa de Riscos junto com o SESMT se a empresa tiver.

Exceção

Caso a empresa não precise constituir a CIPA, o designado escolhido pela empresa deve elaborar o Mapa de Riscos. Caso o designado não tenha conhecimentos para elaborar o Mapa de Riscos, a empresa pode contratar uma empresa que presta acessória, consultoria ou um profissional a parte na área de Segurança do Trabalho para elaboração.

Lembre-se: após a elaboração do Mapa de Riscos a CIPA ou o designado dela, devem documentar o Mapa de Riscos por meio de uma ata.

Planta inteira ou Setor

O Mapa de Riscos pode ser feito da empresa inteira ou só pelo setor?

Sim.

Caso a empresa seja muito grande e não for possível colocar todas as edificações dela no Mapa de Riscos, ele pode ser elaborado apenas por setores.

Se a empresa não seja muito grande e tenha setores diferentes, é interessante fazer um mapa de riscos da empresa toda e um a parte para colocar em cada setor, para fazer com que os empregados se lembre dos riscos ambientais que eles estão expostos no dia-a-dia.

Obrigatoriedade do Mapa de Riscos

Todas a empresa independentemente do Ramo e número de funcionários devem ter o Mapa de Riscos?

Sim. Menos Canteiros e Frentes de Trabalho, porque estes ambientes sofrem mudanças constantemente.

Além de constar como atribuição da CIPA (já se tornando obrigatório a elaboração), a Norma Regulamentadora 01 no item 1.7 alíneas "A" e "C":

1.7. Cabe ao empregador/empresa:

    a) cumprir e fazer cumprir as disposições legais e regulamentares sobre segurança e medicina do trabalho;

    b) [...]

    c) informar aos trabalhadores:

        I. os riscos profissionais que possam originar-se nos locais de trabalho;

Conforme a alínea "A" da NR 01 item 1.7, a empresa já é obrigada a possuir o Mapa de Riscos. Porque, ali informa que a empresa deve cumprir todas as 36 Normas Regulamentadoras sobre Segurança do Trabalho. E como já informado neste artigo, a Norma Regulamentadora 05 no item 5.16 informa que é atribuição da CIPA a elaboração.

E conforme a alínea "C" item "I", o empregador ou empresa devem informar seus trabalhadores/empregados sobre os riscos profissionais que podem existir no ambiente de trabalho. E o Mapa de Riscos é uma excelente forma de mostrar os riscos que os empregados ficam expostos.

Qual é a validade de um Mapa de Riscos?

Não há um tempo determinado por nenhuma legislação de segurança do trabalho sobre a validade de um Mapa de Riscos.

Assim como outros documentos de segurança do trabalho, sempre que houver mudanças na empresa ou em setores, o Mapa de Riscos deve ser revisado para avaliar os novos riscos e o tamanho deles.

Mudanças na empresa ou setores, novos riscos!

Local apropriado para colocar o Mapa de Riscos

O mapa de riscos deve ser colocado em um local de destaques na empresa ou no setor.

O ideal se a empresa possuir, é colocar em um mural de recados porque é um objeto que chama bastante atenção e com certezas os empregados vão querer olhar e entender o Mapa de Riscos.

Exemplo de Mapa de Riscos

Este modelo de Mapa de Riscos foi elaborado por nossa equipe.

Modelo de um Mapa de Riscos

Futuramente, iremos fazer um artigo ensinando a criar um Mapa de Riscos.

Conclusão

Apesar de ser obrigatória a elaboração, o mapa de riscos não deve ser encarado como um problema ou algo para "encher linguiça". Ele possui inúmeras vantagens quando elaborado corretamente.

E como informado no artigo, o Mapa de Riscos é uma importante ferramenta para a segurança do trabalho nas empresas sendo ela pequena ou grande. Ele pode ajudar a evitar acidentes do trabalho ou o adoecimento dos empregados.

 

Legislação: